Privação do sono e suas consequências na segurança dos motoristas

Um dos principais motivos de morte nas rodovias é a privação do sono. Não dormir direito é um perigo para a segurança dos motoristas e dos seus pares no trânsito. Infelizmente, a sonolência ocasiona muitas mortes no trânsito, por isso, promover o descanso adequado tem se tornado um dos principais desafios das empresas da área de logística.
A sua empresa tem prestado atenção neste aspecto? Aqui você perceberá porque cuidar do descanso dos condutores é fundamental para a sua integridade física e pelo melhor rendimento no trabalho.

A privação do sono pode ser fatal caso não haja uma preocupação e medidas efetivas que garantam a segurança dos motoristas

Privação do sono

A segurança dos motoristas depende do descanso

Descansar não deve ser um luxo, principalmente para os motoristas. Ter uma boa noite de sono ou tempo determinado de descanso é fundamental para a recuperação de forças físicas e mentais.
O trabalho como motorista de frota costuma ser extremamente desgastante, não somente pelo fato de permanecer muito tempo no trânsito como também pelo fato dos trabalhadores viverem sob pressão. Neste sentido, é importante
pensar que ao descansar as pessoas recuperam energia. Energia esta que é responsável pela atenção no trânsito.
A energia concedida por uma boa dose de sono é indispensável para viver.
Quando o ser humano dorme, ele consegue repor as energias necessárias para a realização das suas atividades cotidianas.
Ao dormir menos que seis horas, o corpo começa a enviar sinais de cansaço e é ai que a situação pode ser bastante crítica. Isso porque não se pode controlar quando essa sensação de cansaço vai aparecer, inclusive, é frequente que o
impulso do sono se manifeste durante o tempo na direção.

Como saber quando o sono toma conta do motorista?

Bem, o corpo é sábio e ele sabe comunicar quando o há o déficit de algum componente necessário para a realização das suas atividades fisiológicas. Uma das manifestações corporais de sono é o bocejo. Bocejar muito é típico de quem está cansado e precisa fazer uma pausa para recuperar a sua energia. Outro sinal que aponta cansaço e demanda de sono é a falta de atenção, perder o foco do que se está fazendo, sentir que o cérebro "desliga"
frequentemente. Acompanhado aos sinais anteriores manifesta-se o raciocínio lento, o "pensar
devagar". Reações lentas são fruto do cansaço e são um verdadeiro perigo para a direção defensiva. Imagine estar na estrada dirigindo e um veículo invade a pista contrária…

Esta situação pode ocasionar consequências menos graves quando o motorista está atento. O aspecto citado anteriormente está relacionado com o comprometimento da coordenação motora.
Agora que você já sabe quais são os principais sinais de sono, é hora de prestar mais atenção ao sono dos motoristas. Para isso, vale a pena fazer workshops de conscientização, incluir a temática em cursos e treinamentos,
etc. Sem dúvidas, pessoas descansadas rendem muito mais no trabalho.

Atitudes nocivas que podem ocasionar sono nos motoristas

A privação do sono é apenas uma das causas do estado de sonolência. Ela ocorre quando o trabalhador logístico deixa de descansar e dormir no intuito de continuar as suas atividades laborais.
Além dessa questão, é importante citar que o atraso na etapa de sono pode ser outra causa relevante do estado de sonolência. Esse atraso ocorre quando o trabalhador dorme tarde para conseguir finalizar uma entrega e acaba
acordando cedo para retomar o trabalho.
Os medicamentos também podem ser um verdadeiro problema. Isso porque muitos remédios ocasionam sonolência como os tranquilizantes, remédios para a gripe, anti-histamínicos, etc.
A apneia obstrutiva ocasiona uma qualidade de sono bastante deficitária, por isso as pessoas que sofrem com esta afecção têm problemas para dormir e consequentemente, não conseguem ter suficiente energia para passar horas e
horas na direção.

Gestor de frotas: Fique atento à segurança dos motoristas

Sem dúvidas, um motorista em estado de sonolência é um perigo para si e para os outros atores do trânsito. Para evitar esta situação, é indispensável que os gestores fiquem atentos ao descanso dos trabalhadores. Uma das formas
de evitar problemas devido à privação do sono é contar com equipamentos que informem a localização do veículo e façam o rastreio do horário. Assim, pode- se reduzir as chances dos motoristas assumirem a direção cansados.
Ter o controle dos colaboradores é importante, no entanto, é fundamental priorizar um bom relacionamento com os motoristas. A boa comunicação permite que os gestores informem quão importante é descansar e recuperar as
forças para continuar o trabalho.
Se você quer saber mais informações sobre a melhor forma de ajudar os seus motoristas a manterem uma postura adequada na direção, conte conosco.
Acesse as outras matérias e fique por dentro de mais informações.

Envie um comentário