Armazenamento de imagens: as maiores reclamações das transportadoras

Atualmente, as transportadoras e os motoristas lidam tanto com incerteza a respeito da condição das estradas e quanto à insegurança. Entre as medidas preventivas, há o sistema de armazenamento de imagens, o DVR para caminhões, ganhando cada vez mais espaço.

Isso porque a exigência de acompanhamento remoto da frota, que antes se limitava a algo burocrático, passou a ter importância. Ao menos, este é um ponto que deveria ser levado a sério pelos gestores. Afinal, esse sistema precisa ser integrado às estratégias de logística e segurança corporativa.

 

O uso de armazenamento de imagens na frota de caminhões está auxiliando os motoristas a se sentirem mais seguros nas estradas durante as viagens.

Reprodução

Vale salientar que inúmeras dificuldades, como, por exemplo, os golpes e os roubos, que atrasam o desenvolvimento institucional podem ser evitados. Contudo, inúmeras companhias ainda possuem dúvidas ao selecionar o sistema apropriado e optam por alternativas incapazes.

E o resultado? Desperdício de recursos financeiros e até da obtenção de vantagens competitivas na sua região. Mas, por que isso continua a ocorrer nos dias de hoje?

Armazenamento de imagens: as queixas dos gestores sobre DVR para caminhões que não fazem sentido

1 – Proteção anti-fraude

Um dos modos dos colaboradores evitarem o funcionamento do sistema de vigilância é desativando a chave geral do caminhão. Isso oportuniza a retira dos fusíveis, a fim de efetuar alguma irregularidade. Por exemplo, o desvio de receita, mudança de rota e violação do local de arquivamento das imagens.

Para impedir que isso aconteça nos sistemas de armazenamento de imagens, é necessário ter proteção contra exclusão de imagens. Isso impossibilita que qualquer um desligue o sistema. Mas, nem todo gestor compreende a relevância desta função e adquire um sistema incompleto.

A questão não é desconfiar dos seus funcionários, mas estar preparado para todos os cenários. Ao investir neste tipo de proteção, você agrega valor a sua frota e não desperdiça ainda mais em tecnologia. Este é um passo para aumentar e não diminuir as suas receitas.

2 – Volume de gravação

Vale à pena recordar que o espaço de arquivamento de imagens tem a ver com o investimento feito. Isto é, dependendo do sistema selecionado pelo administrador, esse volume de gravação será menor ou maior.

Não é raro situação de profissionais ou clientes que apontam sinistros e eventualidade. Assim, é necessário que a companhia esteja preparada a fornecer os vídeos para se livrar de qualquer responsabilidade e pagamento de indenização.

Deste modo, é relevante que a transportadora possua um espaço de armazenamento satisfatório para manter esses dados. Essa questão faz a diferença até para a defesa jurídica da companhia. No entanto, esse fator nem sempre é levado em consideração com a atenção adequada pelo gestor.

Na primeira situação de acidente resolvido pelas imagens disponíveis, o recurso aplicado já será totalmente compensado. Afinal, esse recurso poderá impedir perdas significativas para o empreendimento. Então, aquela pequena economia inicial pode se transformar em uma dor de cabeça em longo prazo.

3 – Valor do investimento

Como citado anteriormente, o sistema de armazenamento de imagens tende a compensar todo o valor investido. Apesar disto, muitos donos de empresas ainda decidem adquirir produtos do exterior pela oferta mais barata e atrativa.

A questão é que esses equipamentos, normalmente, são fechados e impossibilitam qualquer personalização. Por causa disto, se algum item é comprometido, não há modo de substituir a peça ou consertar. A empresa deve optar por itens de confiança e que se adaptem a sua necessidade veicular.

4 – Adequação às condições nacionais

Em alguns lugares do país, as elevadas temperaturas são registradas durante todo o ano. No Rio de Janeiro, é possível registrar termômetros acima dos 40ºC em vários períodos do ano. Em alguns municípios nos estados do Sul do Brasil, o inverno é extremamente rigoroso e pode render das abaixo de zero.

Se a condição climática é complicada em ambientes fechados, se torna ainda pior no lado externo do caminhão. Abaixo de zero ou acima de 40°C, o aparelho de monitoramento necessita aguentar todas as variações climáticas ao longo do caminho.

Em função disto, é fundamental que o gestor jamais pesa unicamente o valor desta aquisição. É essencial levar todos esses fatores em conta para que a melhor tomada de decisão. É possível encontrar soluções apropriadas de DVR efetivo, bem como com excelente custo-benefício.

Envie um comentário